Informática na farmácia: investimento ou custo ?

Pois é, poucos empresários, seja ele de uma farmácia de pequeno ou médio porte se faz esta pergunta, quando na verdade, deveriam não só fazer, como ter a resposta na ponta da língua.

A informática em sua farmácia basicamente deve ter o papel de agilizar os processos internos (pedidos de mercadoria, entrada de mercadoria, vendas, contas a pagar e etc.). Ou seja, ela deve atuar como uma aliada para aumentar o crescimento da empresa. Mas, infelizmente, na grande maioria dos casos, a informática ao invés de ser uma aliada, se torna uma vilã.

Isso mesmo, uma vilã. Não por culpa da informática em si, mas, por culpa de não haver uma Padronização.

Pense no seguinte, quantas vezes na sua empresa teve um funcionário que não é do setor de TI tendo que resolver problema de atualização do Windows por exemplo?

Quantas vezes já aconteceu de o funcionário demorar a iniciar as suas atividades simplesmente por não saber a senha do sistema ou do Windows?

Já teve alguma vez problemas de perda de conexão com a rede por que um funcionário encostou sem querer no cabo de rede?

Cabo de rede mal feito pode fazer toda a diferença e gerar enormes prejuízos.

Digamos que um funcionário de vendas realiza em média 10 vendas em um prazo de 1 hora, e que esse mesmo funcionário teve que ficar 3 horas sem vender por estar tentando solucionar um problema de TI, só aí seriam 30 vendas perdidas. E se imaginarmos que este mesmo funcionário perde em média 20 horas no mês tentando solucionar problemas de TI, seriam 200 vendas perdidas. Será mesmo que a informática está sendo uma aliada na sua empresa? 

Pois é, casos como este tomam um enorme tempo de funcionários que não são da área de TI para serem solucionados. Tempo este que poderia estar sendo utilizado para exercer a função que é de fato dele.

A solução para isso é uma básica padronização do TI.

A padronização básica do ambiente de TI deve ser realizada nos Softwares e na infraestrutura.

Nos softwares, devemos ter o SO de todas as máquinas com configuração padrão, com softwares instalados que realmente irão ser utilizados pelos usuários, configuração padrão de logon de usuários e etc.

Na infraestrutura devemos ter o devido local para armazenagem dos ativos de rede (modem, switch, roteador, etc) e a passagem dos cabos devidamente realizados e devidamente identificados.

Quer saber mais ? Pode me procurar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo